Thursday, November 26, 2015

FILME: Batman: Assault on Arkham (Batman: Assalto em Arkham) - especial Batman na Tela: edição 34

Quem estiver interessado em conhecer o famoso Esquadrão Suicida antes do filme em live-action do grupo de vilões da DC estrear em Agosto de 2016, eu recomendo assistir esta estilosa animação de 75 minutos lançada pelo departamento de animação da DC. Batman: Assault on Arkham funciona como um tie-in da franquia de games Batman: Arkham. A série acabou se tornando um evento multi-mídia, pois além dos games, você ainda conta com histórias em quadrinhos desse universo, sendo Batman: Arkham Unhinged a mais famosa delas, e agora teremos uma animação. Já falamos sobre os revolucionários dois primeiros games de mundo aberto e também sobre o terceiro jogo. Este último nos conta o que acontecia antes de começar a história de Batman: Arkham Asylum; esta animação então vem nos mostrar novos eventos dessa continuidade, eventos que ocorreram, segundo o diretor Jay Oliva, dois meses antes de começar o primeiro jogo da série.



O filme pega do ponto em que parou o game Batman: Arkham Origins - Blackgate onde, ao final, vemos Amanda Waller já começando a reunir alguns vilões para uma missão. Antes de mais nada, este filme, apesar de ter Batman escrito no título, não foca no morcego, que funciona aqui como um mero coadjuvante para a trama principal. Os protagonistas deste filme são os vilões que Amanda Waller reúne para uma missão no Asilo Arkham.

Pense neste filme como um filme de assalto e espionagem, bem ao estilo Ocean's Eleven encontra Mission: Impossible. O filme abre e vemos Amanda Waller tendo problemas com o Charada, que conseguiu acessar todos os arquivos sobre os piores internos do Asilo Arkham para chantagear o governo. Batman então resgata o Charada de uma tentativa de assassinato imposta por Waller e ambos ficam sabendo que todas estas informações se encontram na ponta da bengala do Charada. Waller então invoca prioridade Ultravioleta e reúne o time de vilões que formam o Esquadrão Suicida, formado aqui no Arkhamverse pela bela e sedutora Killer Frost, o ladrão Black Spider, o assassino King Shark, o australiano convicto Capitão Bumerangue, o assassino de aluguel Deadshot e a capanga do palhaço do crime Harley Quinn. No início do filme ainda conhecemos o russo comunista KGBeast, mas ele é morto logo no início do filme.

Amanda Waller havia implantado um nano-dispositivo atrás do pescoço de cada vilão, se ousassem desobedecer ordens, tinham suas cabeças explodidas. KGBeast serviu de exemplo. Então os vilões recebem as ordens de Waller de invadir o Asilo Arkham para recuperar a tal bengala do Charada. Durante o filme, vamos acompanhando o trajeto do Esquadrão Suicida até seu objetivo enquanto vemos também, mesmo que por pouco tempo, Batman envolvido com outro caso de assassinatos envolvendo o vilão Zsasz, até que em um dado momento, com todos os vilões já dentro do asilo, King Shark dá a ideia de tocar as fitas de vigilância do dia anterior para distrair Batman e a polícia, mas o morcego, já conhecendo a rotina do pessoal do asilo não se engana com o truque e percebe que há algo de errado no lugar.

A operação de Waller então é frustrada. Para piorar, o Charada e o Coringa entram na jogada; enquanto o primeiro tenta queimar os dispositivos explosivos dos vilões com choques elétricos, o segundo provoca uma rebelião no asilo, liberando os piores malucos de lá, dando assim mais trabalho para o morcego e a polícia. A situação piora mas a crise acaba funcionando a favor do morcego, uma vez que ele descobre uma bomba que estava escondida na marreta de Harley, o que acaba gerando pânico dentro do asilo. O Esquadrão Suicida então é dissolvido e cada um tenta escapar de lá por si próprio. Há uma batalha aérea entre o morcego e o Coringa que coloca fim na crise e Batman vai tirar satisfações com Waller e seu plano assassino que quase provocou a morte de muita gente, tudo porque ela queria matar o Charada.

A animação é ótima, tensa e cheia de ação. Também é bastante adulta, uma vez que há insinuação sexual e gestos ofensivos; não é uma animação para crianças, há uma cena inclusive que indica que a Harley teve um "yatzie!" com Deadshot em uma noite, só para causar ciúmes no Coringa. Em outra, Killer Frost seduz alguns guardas com seus "mamões", momentos antes de matá-los congelados.

O elenco aqui é misturado. Temos o retorno de Kevin Conroy fazendo o morcego, uma vez que o game Arkham Origins teve Roger Craig Smith substituindo Conroy, então é ótimo ver o cara de volta em seu papel clássico. Mas infelizmente não temos Mark Hamill como o Coringa, porém, Troy Baker aqui faz um trabalho ainda melhor do que o que fez em Arkham Origins, se parecendo cada vez mais com Hamill na voz. Também não temos a voz clássica de Arleen Sorkin como Harley, mas Hynden Walch faz um trabalho muito bom aqui como a vilã capanga do Coringa. O resto do elenco também está ótimo.

A animação é fluída e em muitos aspectos se parece com alguns traços que vimos em Batman: Gotham Knight. A introdução tem todo aquele clima de filme de ação e assalto, com o nome de cada vilão sendo impresso na tela em um freeze-frame, um grande toque de estilo para apresentar cada personagem do esquadrão. Apesar de a animação ter vários personagens protagonistas, eles focaram em desenvolver mais o Deadshot, portanto nós acompanhamos a jornada do atirador e as cenas frequentes em que ele está segurando um retrato com sua filha. A trama do filme é muito boa e bem conduzida e surpresa: se você não acompanha os games da série Arkham, tudo bem! Pode assistir o filme assim mesmo, ele foi tão bem roteirizado que não requer que você conheça os games para assistir, pode muito bem ser visto como um filme solto. Mas para quem está acompanhando o Arkhamverse, ele também faz ligações com os games, situando eventos e tudo mais, sem nenhum problema! Como diria Deadshot: BANG! Mais um excelente filme animado do DCUAOM que eu recomendo a todos!



Voltar à edição 33                                                                       Ir para edição 35




Batman: Assault on Arkham (2014)
Título em português BR: Batman: Assalto em Arkham
Nota: 8,5 / 10

Direção: Jay Oliva, Ethan Spaulding
Produção: Benjamin Melniker, Sam Register, James Tucker, Michael Uslan
Roteiro: Heath Corson (baseado em personagens criados por Bill Finger, Bob Kane, Jerry Robinson, Bruce Timm, Paul Dini, David Vern Reed, Lew Schwartz, Dick Sprang, Len Wein, John Byrne, Carmine Infantino, Chuck Dixon, Doug Moench, Karl Kesel, Gerry Conway, Jim Starling, Alan Grant e outros)
Trilha sonora: Robert J. Kral

Estrelando (vozes originais): Neal McDonough, Hynden Walch, John DiMaggio, Greg Ellis, Giancarlo Esposito, Jennifer Hale, CCH Pounder, Nolan North, Kevin Conroy, Matthew Gray Gubler, Troy Baker, Chris Cox, Martin Jarvis, Christian Lanz, Andrea Romano

Outros títulos da linha DC Universe Animated Original Movie:
Batman: The Killing Joke (Batman: A Piada Mortal) (2016)
Justice League vs. Teen Titans (Liga da Justiça vs. Jovens Titãs) (2016)
Batman: Bad Blood (Batman: Sangue Ruim) (2016)
- Justice League: Gods and Monsters (Liga da Justiça: Deuses e Monstros) (2015)
Batman vs. Robin (Batman vs. Robin) (2015)
- Justice League: Throne of Atlantis (Liga da Justiça: O Trono de Atlantis) (2015)
- Batman: Assault on Arkham (Batman: Assalto em Arkham) (2014)
- Son of Batman (O Filho do Batman) (2014)
- Justice League: War (Liga da Justiça: Guerra) (2014)
- Justice League: The Flashpoint Paradox (Liga da Justiça: Ponto de Ignição) (2013)
- Superman: Unbound (Superman: Sem Limites) (2013)
Batman: The Dark Knight Returns - Part 2 (Batman: O Cavaleiro das Trevas - Parte 2) (2013)
Batman: The Dark Knight Returns - Part 1 (Batman: O Cavaleiro das Trevas - Parte 1) (2012)
- Superman vs. The Elite (Superman vs. Elite) (2012)
Justice League: Doom (Liga da Justiça: A Legião do Mal) (2012)
Batman: Year One (Batman: Ano Um) (2011)
- Green Lantern: Emerald Knights (Lanterna Verde: Cavaleiros Esmeralda) (2011)
- All-Star Superman (Grandes Astros: Superman) (2011)
- Superman/Shazam: Return of Black Adam (Superman/Shazam: O Retorno do Adão Negro) (2010)
Superman/Batman: Apocalypse (Superman/Batman: Apocalipse) (2010)
Batman: Under the Red Hood (Batman Contra o Capuz Vermelho) (2010)
- Justice League: Crisis on Two Earths (Liga da Justiça: Crise em Duas Terras) (2010)
Superman/Batman: Public Enemies (Superman/Batman: Inimigos Públicos) (2009)
- Green Lantern: First Flight (Lanterna Verde: Primeiro Voo) (2009)
- Wonder Woman (Mulher Maravilha) (2009)
Batman: Gotham Knight (Batman: O Cavaleiro de Gotham) (2008)
- Justice League: The New Frontier (Liga da Justiça: A Nova Fronteira) (2008)
- Superman: Doomsday (A Morte do Superman) (2007)

Games relacionados:
- Batman: Arkham Knight (2015)
Batman: Arkham Origins (2013)
- Batman: Arkham City (2011)

HQs relacionadas:
- Batman: Arkham Knight – Genesis (2015–2016)
- Batman: Arkham Knight – Batgirl Begins (2015)
- Batman: Arkham Knight (2015–)
- Batman: Arkham Origins (2013–2014)
- Batman: Arkham City – End Game (2012)
- Batman: Arkham Unhinged (2011–2013)
- Batman: Arkham City (2011)
Batman: Arkham Asylum – The Road to Arkham (2009)

Livro relacionado:
- Batman: Arkham Knight – The Riddler's Gambit (2015)

Trailer:

No comments:

Post a Comment