Friday, July 2, 2004

CD: The Kindness of Strangers - Spock's Beard

Mantendo a mesma formação consolidada desde Beware Of Darkness, com a adição mais do que bem vinda de Ryo Okumoto nos teclados, o Beard continua sua jornada, sempre bebendo das fontes de grandes nomes do prog rock mundial como Genesis, Yes, ELP, King Crimson, Pink Floyd e soltando excelentes álbums de estúdio, onde não só predomina a boa técnica e o excelente entrosamento entre os seus integrantes, mas também uma aura musical impecável, traduzida pelas geniais composições de Neal Morse, que mesmo se banhando de cliches de suas influências, torna-os irresistíveis nos discos, adicionada também ao seu estilo singular e interpretações impecáveis, acompanhadas pela excelente cozinha instrumental.

O disco abre já com uma longa, a maravilhosa "The Good Don't Last" dividida em três partes: "Introduction", com um instrumental maravilhoso, "The Good Don't Last" e para fechar, "The Radiant Is", com belas passagens clássicas. Em seguida, temos a viajante "In The Mouth Of Madness" com fortes referências de Yes, e com uma letra remetendo à temática setentista, ouvindo-a com atenção você até sente uma forte veia Floydiana. E a seguir, mais uma vez a banda bebe da inesgotável fonte do Yes com a belíssima "Cakewalk On Easy Street". A estranha e distorcida puxada de Alan na guitarra, no final, nos leva a cair na belíssima "June", mais uma amostra de como a banda consegue juntar progressivo a belíssimas baladas pop e fazer tudo soar de maneira agradável.

De volta ao progressivo, a banda manda "Strange World", ao som de melodias bem construídas e polemizando o mundo louco em que vivemos na letra. A seguir a banda ataca com mais uma excelente longa de 11 mnutos, "Harm's Way", uma espécie de fusão de Genesis e ELP. As passagens introdutórias e algumas melodias lembram o magnífico trabalho de Collins, Rutherford e Banks em Duke, enquanto que ao decorrer da música predomina mais a veia ELPiana.

E assim, caímos para a fantástica longa "Flow", dividida também em três partes, "True Believer", com um instrumental impecável e belíssimas passagens em magníficos 5 minutos iniciais, mas o que brilha aqui mesmo, são os solos emocionantes de Alan, depois caindo para a ótima "A Constant Flow Of Sound", que além de ter um swing muito legal, contém apoteóticas passagens clássicas, e finalmente fechando esse épico com "Into The Source". Eu não precisaria dizer que as passagens são belíssimas e que lembra a idéia de continuidade extraída de uma "Starship Trooper" do Yes, como se a música fosse para o espaço com seu som viajante e não tivesse fim, mas eu já disse. Mais um excelente trabalho!

A versão japonesa do disco ainda traz uma surpresinha extraída da compilação From The Vaults, "Into The Fire", algo que poderíamos definir como um Judas Beard, ou Spock's Priest, escolha o que lhe soar melhor, com direito a vocal sujo de Neal lembrando o estilo Rob Halford, solo de guitarra de Alan a lá Glenn Tipton e tudo! Enfim, um excelente disco do Beard que não pode faltar em sua coleção!

The Kindness of Strangers (1998)
(Spock's Beard)
Nota: 8,5 / 10

Tracklist:
01. The Good Don't Last
       I. Introduction
       II. The Good Don't Last
       III. The Radiant Is
02. In The Mouth of Madness
03. Cakewalk on Easy Street
04. June
05. Strange World
06. Harm's Way
07. Flow
       I. True Believer
       II. A Constant Flow of Sound
       III. Into the Source
Bonus track da versão japonesa: 08. Into the Fire

Selos: Giant Electric Pea, Radiant Records

Spock's Beard é:
Neal Morse: voz principal, teclado e sintetizador
Alan Morse: guitarra, voz
Dave Meros: baixo, voz
Ryo Okumoto: órgão hammond e mellotron
Nick D'Virgilio: bateria, voz

Discografia:
The First Twenty Years (2015) - compilação
The Oblivion Particle (2015)
Brief Nocturnes and Dreamless Sleep (2013)
- X (2010)
- Spock's Beard (2006)
- Octane (2005)
- Feel Euphoria (2003)
Don't Try This At Home & The Making Of V (2002) - DVD
- Snow (2002)
- V (2000)
- Day for Night (1999)
- The Kindness of Strangers (1998)
Beware of Darkness (1996)
The Light (1995)

Site oficial: www.spocksbeard.com

No comments:

Post a Comment