Thursday, May 19, 2016

NO CINEMA: Angry Birds (Angry Birds: O Filme)

Nota: 10 / 10

Um dos filmes mais aguardados por mim este ano era esta animação dos Angry Birds, os famosos passarinhos temperamentais criados pelos estúdios da Rovio. Eu sempre gostei desse joguinho de Android. Antes dele, eu lembro que eu costumava jogar aqueles mini-games da internet, um deles era o Crush The Castle, que era um precursor dos Angry Birds.

Enfim, joguei todas as versões imagináveis, sem contar os derivados, do game. A Rovio chegou a produzir mais games, com propostas diferentes, mas nada se igualou à popularidade dos passarinhos. Portanto, após diversos games deles, que incluem temas desde Star Wars, Rio, etc, e uma série com diversas animações curtas, nada mais natural que eles ganhassem seu próprio filme nos cinemas. Graças a Deus, eu tive a oportunidade de pegar a versão com o áudio original, legendada. E que diversão!!

Eu não parava de rir por um minuto sequer! Angry Birds tem absolutamente todas as chances de se tornar a melhor animação de 2016! O filme, desenvolvido pela própria Rovio, é divertidíssimo, engraçado até não poder mais, tem uma história que cativa, e também explica muitas coisas em relação aos games, e personagens hiper-carismáticos! E com os novos designs, os passarinhos e porcos agora tem perninhas e bracinhos, e ficaram muito legais, tanto que este design já foi incorporado em quase todos os games da série, como um extra.

Uma das maiores preocupações em se fazer um longa metragem de 97 minutos de duração, era como criar algo de um game cuja trama é tão simples. Absolutamente tudo poderia sair dali. Pense bem, qual é a história do game? Porcos roubam os ovos dos passarinhos, e eles vão à guerra para consegui-los de volta. Simples. Portanto, fazer um filme a partir disso, seria como tentar tirar leite de pedra.

E ELES CONSEGUIRAM! Me deixaram com água na boca por uma sequência!! A trama de Angry Birds não é inovadora nem nada, mas funciona maravilhosamente bem. Ela explica como os pássaros quiseram pegar um estilingue para cair matando em cima dos porcos e ainda por cima nos traz coisas novas, que não estavam ali.

Na trama, Red, o pássaro vermelho, tem um temperamento explosivo, e seus colegas de escola tiravam sarro dele por causa das sobrancelhas gigantes. Então, ele acaba explodindo em uma dada situação, no começo, e vai parar diante de um juiz, que é aquele pássaro do game com olhos esbugalhados, lembram? Pois bem, o juiz decide que Red tem que fazer tratamento de controle de raiva.

Alguém pensou em Anger Management, o filme de 2003 com Adam Sandler e Jack Nicholson? É! E a terapeuta da clínica, Matilda, é a passarinha branca do game, que solta ovos nos porcos! Ela está absolutamente hilária! E na clínica, Red encontra os seus futuros parças de batalha, Chuck, o passarinho amarelo que ganhava super-velocidade quando se dava um toque na tela, e Bomb, o passarinho preto que, bem... literalmente explodia! Além deles, temos Terence, o mega pássaro vermelho gigante, que está sempre de mau humor, e nunca fala coisa alguma, só encara os outros.

Stella e outros passarinhos do game, como o tucano bumerangue, os três pequenos passarinhos azuis, aquele laranja que inchava, também estão no filme, dando sua contribuição. Estes, são personagens de apoio apenas. Todos eles se juntam, quando o Chef Pig, o porco líder da raça suína verde, visita a ilha deles. Só que, como você já deve ter adivinhado, os porcos não tem as melhores intenções com relação aos nossos amigos pássaros, e... adivinha? Isso! Acabam roubando os ovos deles! A burrice dos suínos é que eles deixaram um estilingue na ilha dos pássaros, como presente, e eles se usarão disso para conseguir seus ovinhos de volta.

Antes disso, Red, Chuck e Bomb vão atrás da águia poderosa lendária que vive na montanha, que no game, todos lembram como a Mighty Eagle, que era aquele "último recurso" que a gente usava, no jogo original, quando queríamos causar mais estrago na vida dos porcos. Só que a águia não era exatamente aquilo que nossos heróis imaginavam que era... eu não vou dar spoilers aqui porque senão estraga a diversão de todo mundo.

Os personagens estão simplesmente impagáveis! O filme tem um timing cômico absolutamente perfeito! As piadas são milimetricamente coordenadas para aparecerem e causarem o efeito no momento exato, deixando o espectador sem fôlego de tanto rir! A química do trio principal, Red, o passarinho raivoso, Chuck, o esperto e rapidinho comparsa, e Bomb, o explosivo por natureza, é impecável! Pense como se os Três Patetas se misturassem com os Looney Tunes! É perfeito, hilário! Você vai rir até dizer chega! Deixa eu repetir de outra forma, porque talvez você não tenha entendido direito: você vai ter dor de barriga e não vai parar de rir! Basta eu dizer que já no comecinho você já começa a dar risada pra caramba, pronto! Pegou? Ok. Não bebe muito refrigerante, porque senão há chances de você não aguentar e sair no meio do filme! Eu avisei!

As referências culturais que o filme usa, vão desde músicas do Black Sabbath, The Who, "I Will Survive", até produções como Piratas do Caribe e o filme The Shining! Sim, eu não estou brincando, eles conseguem encaixar The Shining no meio da comédia toda! É genial assim mesmo! Além disso tem a linda "Friends", música de Blake Shelton, que foi escrita especialmente para o filme, e é fantástica, alegre e surpreendentemente cativante!


O filme se foca mais no game original, mas isso não impede que eles façam sutis referências a Angry Birds: Space, Angry Birds: Seasons, e outros games da série.

Destaques no filme para todo o elenco de vozes dos personagens principais. Todos estão corretíssimos, engraçadíssimos, e brilham no momento certo. outros destaques do elenco de apoio vão para o anão de Game of Thrones, Peter Dinklage, fazendo a Mighty Eagle; aqui o ator está impagável! Também o veterano ator Sean Penn, fazendo o personagem Terence, que apesar de não falar coisa alguma, só grunhir, rouba a cena cada vez que aparece; Billy Eichner, do Funny or Die, fazendo o Chef Pig, e Fred Tatasciore, ator bastante famoso pelo seu trabalho em animações e fazendo vozes de personagens em games famosos, aqui emprestando sua voz para o Monty Pig.

Diversão garantidíssima, Angry Birds é uma excelente comédia para toda família. Consegue agradar os pequenos, os marmanjões, nerds, adultos, enfim, todo mundo! Minha recomendação aqui é máxima! Não percam no cinema, este filme maravilhoso, engraçado, divertido, e muito, muito bacana. E leva lenço! Não, não é pra chorar de tristeza, é pra enxugar o olho embaçado de tanto se esbaldar com as piadas. Vai por mim! Eu e minha esposa já estamos planejando levar meu sobrinho para assistir o filme conosco, o que vai me dar a chance (embora eu não vá por interesse, mas porque é meu sobrinho de 8 anos mesmo), de checar também a versão dublada. Ainda bem que consegui pegar a tempo a versão legendada na semana de estreia. Enfim, leve sua família e divirta-se!

Angry Birds (2016)
Título em português BR: Angry Birds: O Filme

Direção: Clay Kaytis, Fergal Reilly
Produção: John Cohen, Mikael Hed, David Maisel, Kimberley Gray Rozner, Catherine Winder
Roteiro: Jon Vitti (baseado no jogo de Android criado pela Rovio)
Trilha sonora: Heitor Pereira

Elenco de vozes originais: Jason Sudeikis, Josh Gad, Danny McBride, Maya Rudolph, Bill Hader, Peter Dinklage, Sean Penn, Keegan-Michael Key, Kate McKinnon, Tony Hale, Hannibal Buress, Ike Barinholtz, Tituss Burgess, Ian Hecox, Anthony Padilla, Jillian Bell, Billy Eichner, Danielle Brooks, Blake Shelton, Charli XCX, Romeo Santos, Cristela Alonzo, Adam Brown, Ava Acres, Geoffrey Arend, Malena Brewer, Catherine Winder, Alex Borstein, John Cohen, Max Charles, Clay Kaytis, Matt McCarthy, Vincent Oswald, Fergal Reilly, Samantha Cohen, Kevin Bigley, Matt Taylor, Josh Robert Thompson, Ali Wong, Mckenna Grace, Bella Lardieri, Aidan McGraw, Fred Tatasciore, Eileen Marra, Indra Raval, Jaoquin Raval, Sofie Wolfe, Judah Friedlander, Samuel Faraci, Brianna Gentilella, Kallan Holley, Grant Palmer, Jade Pettyjohn

Trailer:

No comments:

Post a Comment